Sindicato dos Bancários protesta contra demissões no Bradesco

Um banner com um troféu de campeão em demissões foi colocado em frente a agência do Bradesco de Assis na manhã desta quinta-feira, 29 de outubro, em protesto realizado pelo Sindicato dos Bancários de Assis e região.

Foram mais de 12 mil bancários demitidos sem justificativa durante a pandemia, descumprindo assim o acordo realizado entre o Sindicato e o banco no início da pandemia. Somente no último trimestre o Bradesco teve lucro de R$ 4 bilhões. Outros bancos como Santander e Itaú também estão demitindo em massa, sem qualquer justificativa e continuando lucrando bilhões.

“É uma falta de respeito com os trabalhadores e com a população. O Sindicato não pode se calar diante da ganância dos banqueiros. Exigimos que o acordo de não demitir durante a pandemia seja cumprido, os bancários se arriscaram e continuam se arriscando, dando o seu melhor todos os dias”.

Foram mais de 12 mil bancários demitidos sem justificativa durante a pandemia, descumprindo assim o acordo realizado entre o Sindicato e o banco no início da pandemia. Somente no último trimestre o Bradesco teve lucro de R$ 4 bilhões. Outros bancos como Santander e Itaú também estão demitindo em massa, sem qualquer justificativa e continuando lucrando bilhões.

“É uma falta de respeito com os trabalhadores e com a população. O Sindicato não pode se calar diante da ganância dos banqueiros. Exigimos que o acordo de não demitir durante a pandemia seja cumprido, os bancários se arriscaram e continuam se arriscando, dando o seu melhor todos os dias”.